Como tratar as micoses nas unhas

Home / Uncategorized / Como tratar as micoses nas unhas

A onicomicose ou tinea unguium, é aquilo a que popularmente chamamos de micose de unhas e é nada mais nada menos que o dado à infeção das unhas das mãos ou dos pés causada por fungos.

Cerca 10% da população adulta e 20% dos idosos sofre com este tipo de infeções, e apesar de não ser uma doença fatal, pode ser dolorosa e levar à destruição da unha causando efeitos emocionais que podem ter um impacto significativo na vida das pessoas.

Os sintomas das micoses, são maioritariamente estéticos do que clínicos, estando entre eles o escurecimento a alteração da espessura da unha.

Meios de transmissão:

Os fungos que provocam a micose das unhas são regra geral adquiridos em áreas de ambientes húmidos e quentes, que são por si só ambientes propícios ao crescimento de fungos, entre esses lugares estão os chuveiros, vestiários e piscinas publicas entre outros.

Transmissão e contágio:

O contacto com o fungo por si só não é suficiente para adquirir a micose, sendo necessário existir pequenas lesões entre a unha e a pele para que o fungo possa penetrar por baixo da unha e lá se alojar.

Apesar de pouco comum, é possível que a micose da unha seja transmitida de uma pessoa para outra. Compartilhar material de cuidado das unhas (como limas, alicates ou até mesmo corta unhas), pode ser uma forma de transmissão.

Como tratar:

A onicomicose, é uma infeção difícil de tratar porque as unhas crescem de forma lenta e recebem pouco suprimento de sangue. A boa notícia é que na última década os tratamentos melhoraram graças à introdução de medicamentos antifúngicos orais muito mais eficientes.

Depois de curada a micose da unha, é imperativo que o paciente tenha cuidado, a taxa de reinfeção chega muitas vezes aos 50%, portanto é necessário ter cuidado para evitar novos contágios por fungos.

Notcias recentes
Entre em contacto

Precisa de falar connosco? Precisa de um orçamento? Pode enviar-nos um email a qualquer hora.